Curitiba: uma cidade para todos!

By 18 de setembro de 2015 Sem categoria No Comments

Ano passado pintamos um lettering gigantesco na primeira Via Calma do país com a frase: UMA CIDADE PARA TODOS (intervenção do Criatipos: foto abaixo). Uma forma de valorizar o que a cidade tem feito por nós e também de incentivar a mudança e compartilhamento entre vários modais: pedestres, bicicletas, carros e transporte coletivo. Continuo torcendo e querendo fazer minha parte para transformar essa cidade que chamo de “casa” (uma das minhas casas nesse mundão).

cidadetodos

Há apenas 3 dias voltei pra Curitiba, depois de 3 meses morando em NYC, pedalando na Filadélfia, Boston e Washington DC. A conclusão é de que não importa aonde estivermos, o respeito com o próximo deve existir sempre. Lá andei MUITO de bicicleta e algumas vezes de metrô. E diferente do que todo mundo fantasia sobre os EUA (mesmo tendo mais estrutura e leis que funcionam), o fator principal nem sempre acontece. Lá, assim como aqui ou qualquer outro lugar do mundo tem muita gente mal-educada. O respeito ao compartilhar a cidade, as ruas, o transporte coletivo é a parte mais importante em qualquer lugar. 

Hoje começa a Semana Nacional do Trânsito e Curitiba já acordou trazendo novidades e boas notícias! Segundo o site da  Prefeitura de Curitiba nesta sexta-feira (18) formalizou-se uma cooperação com instituições holandesas e brasileiras para aumentar o potencial de ciclomobilidade na cidade. Pesquisadores holandeses vão permanecer em Curitiba por alguns períodos, trabalhando em parceria com instituições locais em projetos voltados para o desenvolvimento de uma cidade inteligente.

O principal objetivo de cooperação é ampliar a integração da bicicleta à vida da cidade, por meio de projetos inovadores nas áreas de arquitetura, planejamento urbano e design, consolidando o modal como opção de mobilidade segura e abrangente.

“Estamos avançando rumo a uma mudança cultural”, disse o prefeito Gustavo Fruet. “Pode levar 10, 20 ou 30 anos para alcançarmos uma mudança de comportamento mais ampla no que diz respeito à bicicleta, mas hoje damos um passo muito importante. É preciso compreender que o espaço urbano não é exclusivo do carro e precisa ser compartilhado”, disse Fruet, que agradeceu aos representantes da Holanda e às universidades locais pela parceria.

O embaixador da Holanda no Brasil, Han Peters afirmou que a bicicleta é mais do que um meio de transporte – é um modo de vida. Em suas palavras: “Usando carro você queima dinheiro e fica mais gordo. Usando bicicleta, você queima gordura e fica mais rico”.

Assino embaixo! 😉

semana-transito

About Cristina Pagnoncelli

Designer gráfica e artista visual. Inquieta e como (quase) toda aquariana, intensa. Observadora, instragram lover e eterna amante de Black Sabbath e seus discípulos... \m/

Leave a Reply